Explorar. Inspirar
Artigo 14 set 2021

Como transformar riscos em oportunidades de reputação através do ativismo corporativo

Nesta quarta e última parte da série “Resiliência”, abordamos o desafio de se recuperar de uma crise de reputação depois de resolvida sua fase mais aguda; ou ainda, a superação de um risco crônico com efeitos persistentes na desvalorização de uma marca.

Em ambas as situações, a resiliência reputacional é colocada em prática como uma diretriz de comportamento corporativo, e não apenas como uma experiência temporária devido a um evento crítico. Esses são dois cenários de risco para os quais reações mais ou menos oportunas a eventos específicos não são suficientes; em vez disso, são exigidas diretrizes comportamentais baseadas na ativação do propósito de longo prazo da marca. Guias e diretrizes como os oferecidos pelo ativismo corporativo para reverter ameaças à reputação e transformá-las em oportunidades de diferenciação.

BAIXAR
Iván Pino
Sócio e Diretor Sênior de Crise e Riscos
Pino é jornalista, formado em Ciências da Informação pela UCM, com mestrado em Sustentabilidade e Responsabilidade Empresarial pela UNED-UJI. Ele possui 20 anos de experiência em Comunicação e Reputação Corporativa, especializando-se em Comunicação Digital. Além disso, é coautor de “Claves del nuevo Marketing. Cómo sacarle partido a la Web 2.0” (2009, Gestión 2000) e também foi editor do primeiro e-book em espanhol sobre comunicação em redes sociais: “Tu Plan de Comunicación en Internet. Paso a Paso” (2008). Além disso, ele é orador e professor do Mestrado em Comunicação Corporativa e Institucional da Universidade Carlos III e Unidad Editorial, e do Mestrado de Comunicação Corporativa e Publicitária da Universidade Complutense de Madrid.

Queremos colaborar com você

Qual o seu desafio?

Quer fazer parte da nossa equipe?

Quer nossa participação no seu próximo evento?